Universo da Bola com Enivaldo Eiras

O QUE VEM POR AÍ !

 

Parece que nas próximas semanas a revista VEJA trará uma extensa matéria sobre as obras do “Fielzão”, indo de encontro com tudo o que foi mostrado pela imprensa até hoje. Mostrando o quanto a obra será lesiva ao bolso dos contribuintes e também para os cofres do Timão.
Nomes de Ronaldo Fenômeno, Luis Paulo Rosenberg e Andrés Sanches, entre outros, serão citados. Precisa ver até onde vai chegar a liberdade da imprensa brasileira para exercer sua real função que é a de mostrar a verdade a toda a população.
E por falar em liberdade, pegou muito mal a declaração do argentino Martinez desafiando sua titularidade no Timão. Dizendo que se não for titular ano que vem vai embora. Eu gosto de jogadores com esta atitude de querer jogar sempre, isto mostra disposição e vontade.
Mas Martinez dessa vez tem pela frente um técnico que, além de estar fazendo um grande trabalho, também é conhecido por não aceitar atitudes desrespeitosas.
Basta ver que Tite teve personalidade e tirou da equipe o Roberto Carlos por não estar rendendo em campo, logo depois o craque foi embora. Depois peitou Chicão, sacou da equipe, e quando o jogador se recusou a ir para o banco, quase foi mandado embora, se arrependeu e voltou.
Tite também barrou o Imperador Adriano, não quis pesar ta fora, e o Imperador intocável do Fenômeno foi dispensado. Também teve o acertado afastamento do goleiro Júlio César, como também a acertada negociação do Alex logo depois do titulo da Libertadores.
Portanto se Tite anda acertando tanto precisa ver qual a sua reação a atitude do argentino, que, apesar da falta de hierarquia, não tem nada a ver com os casos citados acima.
Parece que os jogadores argentinos que jogam no Brasil têm sempre o mesmo pensamento. Barcos também declarou que não fica pra disputar a segunda divisão, pegou mal lá pelos lados do Palestra Itália também, pois já é tido como ídolo.
E por falar em ídolo, parece que o episódio do Neymar com o Dorival Junior fez muito bem ao craque santista. Reclamou dos companheiros com razão, mas em momento inoportuno em frente às câmeras. Foi logo advertido pelo Edu Dracena, que nem ta jogando. Mas logo veio a publico se desculpar e assumir o erro. Isto faz com que o jogador, que recentemente ganhou o concurso do mais admirado pelas torcidas do Brasil, seja ainda mais admirado. Difícil imaginar aonde chegará esse novo fenômeno brasileiro. Só não pode chutar um pênalti na arquibancada como fez lá nos Estados Unidos, aí não tem desculpa de campo ruim que convença né.  

Parece que nas próximas semanas a revista VEJA trará uma extensa matéria sobre as obras do “Fielzão”, indo de encontro com tudo o que foi mostrado pela imprensa até hoje. Mostrando o quanto a obra será lesiva ao bolso dos contribuintes e também para os cofres do Timão.Nomes de Ronaldo Fenômeno, Luis Paulo Rosenberg e Andrés Sanches, entre outros, serão citados. Precisa ver até onde vai chegar a liberdade da imprensa brasileira para exercer sua real função que é a de mostrar a verdade a toda a população.E por falar em liberdade, pegou muito mal a declaração do argentino Martinez desafiando sua titularidade no Timão. Dizendo que se não for titular ano que vem vai embora. Eu gosto de jogadores com esta atitude de querer jogar sempre, isto mostra disposição e vontade.Mas Martinez dessa vez tem pela frente um técnico que, além de estar fazendo um grande trabalho, também é conhecido por não aceitar atitudes desrespeitosas.Basta ver que Tite teve personalidade e tirou da equipe o Roberto Carlos por não estar rendendo em campo, logo depois o craque foi embora. Depois peitou Chicão, sacou da equipe, e quando o jogador se recusou a ir para o banco, quase foi mandado embora, se arrependeu e voltou.Tite também barrou o Imperador Adriano, não quis pesar ta fora, e o Imperador intocável do Fenômeno foi dispensado. Também teve o acertado afastamento do goleiro Júlio César, como também a acertada negociação do Alex logo depois do titulo da Libertadores.Portanto se Tite anda acertando tanto precisa ver qual a sua reação a atitude do argentino, que, apesar da falta de hierarquia, não tem nada a ver com os casos citados acima.Parece que os jogadores argentinos que jogam no Brasil têm sempre o mesmo pensamento. Barcos também declarou que não fica pra disputar a segunda divisão, pegou mal lá pelos lados do Palestra Itália também, pois já é tido como ídolo.E por falar em ídolo, parece que o episódio do Neymar com o Dorival Junior fez muito bem ao craque santista. Reclamou dos companheiros com razão, mas em momento inoportuno em frente às câmeras. Foi logo advertido pelo Edu Dracena, que nem ta jogando. Mas logo veio a publico se desculpar e assumir o erro. Isto faz com que o jogador, que recentemente ganhou o concurso do mais admirado pelas torcidas do Brasil, seja ainda mais admirado. Difícil imaginar aonde chegará esse novo fenômeno brasileiro. Só não pode chutar um pênalti na arquibancada como fez lá nos Estados Unidos, aí não tem desculpa de campo ruim que convença né.  


EM TEMPO: FLUZÃO CAMPEÃO E O VERDÃO  DE NOVO NA SEGUNDONA !

 

O Fluminense é o grande campeão Brasileiro do ano. Titulo muito merecido, tem o melhor elenco do Brasil no momento. E se manter o Abel Braga e seus principais jogadores tem tudo pra fazer uma grande Libertadores da América. Agora quem marcou uma grande bobeira foi o Atlético Mineiro que perdeu um campeonato quase ganho. E está história de setembro negro do técnico Cuca foi o pior depoimento de um técnico nos últimos tempos. Um time que ta na ponta do campeonato, cai de produção, e o técnico vem com uma desculpa dessas é demais né. Cuca pra se firmar como grande treinador tem que deixar de ser místico e tratar os jogadores como profissionais de futebol.

Agora desculpa boa mesmo que tem que arrumar é o Presidente Arnaldo Tirone do Palmeiras e seus comparsas. Um time campeão da Copa do Brasil, com vaga na Libertadores, com bom treinador e jogadores não pode cair duas vezes em 10 anos. Trata-se de time grande, isso não pode acontecer. E fiquei sabendo que o Palmeiras já abriu as portas para Kia Joorabchian e também para o Grupo Sonda, do Delcir Sonda. Aí já é demais né. Não foi a toa que o técnico de base Narciso foi para o Palestra Italia. Todos sabem da sua ligação com o Grupo Sonda, e já começou seu “trabalho” no Verdão. Não foi a toa que Narciso foi demitido das categorias de base do Santos. Com a presença do Kia e do Delcir por lá pode ser que o Verdão  amargure mais de um ano na segundona. Espero de coração que não, aliás torci muito para que o Palmeiras não caísse. Mas é a vida, parabéns Fluzão, e força Verdão, vamos levantar novamente, apesar do Kia e do Delcir.


Corinthians = Esta saindo na imprensa que o Timão negocia 6 milhões em patrocínio por dois jogos do Mundial, isto não é verdade. O montante corresponde ao que o time recebeu até agora no ano de patrocínio, com o titulo da libertadores e tudo. Cerca de 500 mil mensais, muito menos do que o time arrecada a cada jogo no Pacaembu.
O calote da empresa “Apito Promocional” no Timão ainda vai dar pano pra manga viu. Há indícios de que a empresa, que teve como garotos propaganda Neto e Milton Neves, tenha sido criada com esse fim especifico. Esta sobrando até para o vice Luis Paulo Rosenberg, e para o Conselheiro Neto. E o PROCON sinalizou que o clube terá que arcar com os prejuízos.

Atlético Mineiro = Ronaldinho Gaucho parece que encontrou o lugar ideal para jogar, e talvez jogar a ultima copa da sua carreira. Tem jogado muito e com grande disposição, e não se vê falar de noitadas em BH, mesmo que seu melhor amigo seja o Jô. Seria aquela historia do mineirinho?

Santos = É de se admirar a capacidade de formação de craques na base santista, mas o clube quase foi punido, junto com a Portuguesa Santista, por não acatar a decisão da Vara da Infância e Juventude quanto formação escolar dos garotos, lamentável, mas já esta resolvido.
O episódio da ambulância na Vila Belmiro no jogo contra o Galo foi lastimável. Como por tanto tempo esse grave problema ficou oculto? Todos os envolvidos mereciam severa punição.

São Paulo = O mito Rogério Ceni levou um duro golpe na carreira. Acostumado a não ser questionado nunca, encontrou no treinador Ney Franco uma resistência até então não vista. Colocou o Goleirão no seu lugar, sendo apoiado por quase todos. Uma carreira tão gloriosa de um jogador tão honrado não merecia um episódio assim. Dá pra entender porque nunca se firmou na Seleção.

Flamengo = Depois de Zico, agora é Zinho, outro craque do passado, a ser desmoralizado pela Presidenta Patrícia Amorim. Rasgou elogios a Wanderley Luxemburgo, que teve desastrosa passagem recente pelo clube, dizendo que em sua época os problemas não chegavam até ela, pois Luxa resolvia todos. Mal sabe ela a que preço isto acontecia, sendo o prejudicado o próprio clube.

Cruzeiro = Não é de se estranhar a má fase vivida pelo time no momento. O zagueiro Cribari que passou por lá e agora esta no Rangers da Escócia, soltou o verbo e denunciou um suposto esquema de empresários para jogar no clube. Heranças da administração passada dos Perrelas, que detonou com o time.

Vasco = Só agora os vascaínos estão descobrindo o que já foi falado a tempos aqui neste espaço sobre a administração do Sr. Roberto Dinamite no clube. Tarde demais para um clube com tanto tradição. E o que foi descoberto até agora é apenas a ponta do Iceberg, infelizmente.

PRA MEDITAR:  Durante a crise raramente  entendemos os caminhos de Deus, mas a amargura só nos levara mais longe da resposta.  
  ABRAÇOS ENIVALDO EIRAS !!!






Nova Enfoque
© 2017 - Todos os direitos reservados | Nova Enfoque
VISION