Doenças causadas pelo sol

Quando o sol se torna um inimigo pra saúde

As queimaduras solares acontecem quando se esgota a capacidade de defesa da melanina e os raios ultravioletas queimam diretamente a pele. Estes raios são mais fortes no verão e durante as horas de maior calor, isto é, entre as onze da manhã e as quatro da tarde. Mas os malefícios do sol não acontecem apenas nos dias de céu limpo, mesmo quando o sol está escondido, tapado por nuvens, os raios ultravioletas exercem a sua acção prejudicial, atingindo a pele e causando lesões, que mais tarde poderá vir a ser prejudicial, ou mesmo trágico, devido á constante acumulação destes raios.

Como consequência destas repetidas exposições a estes raios desde a infância, duplica o risco de se vir a desenvolver mais tarde um cancro da pele.

O câncer da pele pode atingir pessoas de todas as idades mas é menos frequente nas crianças. O melanoma maligno é um tipo de cancro da pele que tem origem no sistema de pigmentação da pele, isto é, na camada da epiderme que dá o bronzeado à pele após a exposição ao sol. Em casos raros o câncer pode ter origem nos olhos, nas vias respiratórias, no intestino ou no cérebro.
Importa referir que o melanoma é um dos tipos de câncer mais graves e as hipóteses de sobrevivência dependem, frequentemente, de um diagnóstico precoce e tratamento adequado.

A causa do melanoma é, na maioria dos casos, a radiação solar, principalmente dos raios ultravioleta. A doença é geralmente desencadeada por lesões na pele causadas pelo sol, principalmente quando ocorreram queimaduras solares (escaldão). Um pequeno número de casos, no entanto, pode ser hereditário, podendo também ser desencadeado por exposição aos raios solares.

Fonte: http://osoleavida.blogspot.com.br/




Nova Enfoque
© 2017 - Todos os direitos reservados | Nova Enfoque
VISION