Saúde do coração requer mais cuidados no verão

Cometer excessos pode aumentar as chances de algum problema cardíaco

Com a chegada do verão e dos dias quentes, aumenta a vontade de sair da rotina e realizar atividades ao ar livre. Longas caminhadas na praia e o abuso de comidas e bebidas podem aumentar as chances de algum problema cardíaco ou vascular, especialmente em pessoas com maior risco cardiovascular, como idosos, hipertensos, obesos, tabagistas e diabéticos.

De acordo com especialistas, pessoas que fazem parte do grupo de risco não podem fazer exercícios físicos sem uma avaliação médica prévia, assim como não devem abusar da alimentação. É recomendado cautela também com as comidas típicas do período de férias, como frutos do mar por exemplo.
Outra recomendação importante é feita para pacientes que usam medicamentos.
No verão, o calor e a umidade aumentam a perda de água e sais minerais através da transpiração e da respiração. Para evitar a desidratação, é preciso ingerir bastante líquido. A atenção deve ser redobrada em pessoas de maior idade e que fazem uso de diuréticos.
Pessoas hipertensas, que precisam controlar a pressão com frequência, devem ficar atentas à tendência natural do corpo de baixar a pressão no calor. Como a pressão atmosférica na praia já é baixa, o uso de vasodilatadores pode acentuar essa queda, causando hipotensão.
Uma reavaliação médica antes do período de férias pode indicar a necessidade ou não de alterar a dosagem dos medicamentos.

 Fonte: www.doutorcoracao.com.br




Nova Enfoque
© 2017 - Todos os direitos reservados | Nova Enfoque
VISION