Escleroterapia

Como controlar as varizes?

A escleroterapia trata eficazmente as varizes (veias varicosas) e as veias de aranha. É muitas vezes considerada como o tratamento primário para pequenas varizes (microvarizes). A escleroterapia envolve a injeção de uma solução diretamente na veia. A solução da escleroterapia faz com que a veia cicatrize e obstrua, forçando o sangue a seguir caminho pelas veias saudáveis.

A veia obstruída é depois reabsorvida e tende a desaparecer em algumas semanas, por vezes pode demorar um mês até ver os resultados finais. Em alguns casos podem ser necessárias várias sessões de escleroterapia.

É um procedimento seguro com poucas complicações, também melhora alguns sintomas relacionados, como: dor, edema, ardor e cólicas noturnas e pode provocar inchaço, rubor e desconforto junto ao local da injeção. O médico pode sugerir a toma de aspirina ou antibióticos para reduzir a inflamação. Pode-se formar também um coágulo sanguíneo na veia tratada que terá de ser drenado. Raramente o coágulo sanguíneo segue caminho para uma veia mais profunda na perna (trombose venosa profunda). A trombose venosa profunda tem associado o risco de embolismo pulmonar, uma situação emergente onde o coágulo viaja desde a perna até aos pulmões e bloqueia uma artéria vital.

Antes do procedimento o seu médico fará um exame físico e reúne o seu historial médico.

O médico irá avaliar as veias envolvidas, procurar alguma doença dos vasos sanguíneos desconhecida. Saber o seu historial médico, podendo fazer perguntas sobre doenças recentes ou condições médicas existentes, como problemas cardíacos, medicação ou suplementos que toma, mais concretamente aspirina, anti-inflamatórios (AINEs), antibióticos ou diluidores do sangue (anticoagulantes) como a varfarina por exemplo, alergias, se fuma ou toma contracetivos orais, pois estes podem aumentar o risco de desenvolver coágulos sanguíneos, tratamentos anteriores para varizes e os resultados

Se toma aspirina, anti-inflamatórios ou anticoagulantes, o médico pode indicar para deixar de tomar essa medicação algum tempo antes do procedimento, para reduzir as probabilidade de hemorragia. O médico também pode aconselhar a deixar de tomar antibió           ticos e contracetivos orais.

24 horas antes do procedimento, evite fazer a depilação ou aplicar cremes nas pernas. Use roupas leves e confortáveis no dia do procedimento. Considere usar calções para manter as pernas mais confortáveis.

Se o tratamento for para tratar varizes ou veias de aranha pequenas, pode esperar resultados definitivos nas próximas três a seis semanas. Em veias muito grandes pode ser necessário entre três a quatro meses. Geralmente as veias tratadas não sofrem uma recaída, mas pode surgir em outras veias.

Estudos realizados sobre a escleroterapia como tratamento para varizes (veias varicosas) e veias de aranha indicaram que a taxa de sucesso na eliminação de veias tratadas situa-se entre os 50 e 80 por cento.

 

Fonte: http://www.especialista24.com/




Nova Enfoque
© 2017 - Todos os direitos reservados | Nova Enfoque
VISION