Baias

O local adequado para cuidar bem do seu cavalo

Primeiro os criadores adquirem um cavalo para só depois se perguntarem: E agora? O que fazer? Onde colocá-lo? Como vou alimentá-lo? Criar ou passear a cavalo? Quem vai cuidar dele? Se você não possui uma propriedade (sítio, chácara, haras ou fazenda), primeiro tente visualizar quais são seus objetivos. Pense se você pretende apenas passear aos finais de semana ou se, além disso, gostaria de acompanhar o desenvolvimento do animal mais vezes por semana. Pense se você quer ter um número maior de animais, se deseja acompanhar a reprodução dos mesmos ou ainda prepará-los e levá-los à exposição. Ou seja, reflita se você deseja realmente iniciar uma criação.

Se você pretende apenas curtir bons momentos com sua família, e fazer prazerosas cavalgadas de fins de semana, pode-se optar por deixar seu animal em cocheiras de aluguel onde este terá a infra-estrutura local à disposição. Neste caso certifique-se de que o animal está bem alojado, com água à vontade, local limpo e arejado, com pessoas capacitadas para cuidar dele. E sempre bom lembrar que nesses locais deve-se dar preferência a éguas ou animais castrados, principalmente quando o local não dispuser de cocheiras de alvenaria e ou piquetes para garanhões. Estes últimos são mais intempestivos por sua própria condição hormonal e exigem maior cuidado do local para não oferecer riscos aos demais animais da propriedade e a ele mesmo, que pode se machucar tentando ir atrás de alguma égua, haja vista geralmente esses locais não terem uma infraestrutura adequada para esta categoria de animal.

Ao contrário, se seu intuito é no futuro ir além dos passeios, você necessitará de maior infraestrutura e independência. Procure encontrar uma propriedade próxima, de fácil acesso, de modo que seja prazerosa a viagem para você e sua família. Veja se a propriedade tem tamanho adequado a sua aspiração (quanto maior o número de animais maior deve ser a propriedade). Verifique o tamanho a partir da área aproveitável da fazenda (área restante fora a área de mata). Veja ainda se tem capineiras ou se você precisará fazê-las. Observe se tem bom abastecimento de água como é a topografia, se tem área plana para pista e piquetes (estes últimos também podem ser em morros não multo íngremes).

Procure auxílio de um veterinário especializado que poderá ajudá-lo fazendo um bom projeto. O Dr.Juliano O. Carlomagno do Haras Rancho São Pedro, consulte-o.

 

Fonte: http://www.harasmgm.com.br/




Nova Enfoque
© 2017 - Todos os direitos reservados | Nova Enfoque
VISION