LEI PELÉ ???

Por Enivaldo Eiras

 

Há muito tempo atrás a Lei Pelé acabava com o passe dos atletas que pertenciam aos clubes e dava liberdade aos jogadores de futebol. A Lei em si era muito boa, só que foi quase que totalmente modificada com o passar dos anos, prejudicando cada vez mais os clubes de futebol que hoje estão quase todos falidos.
Foi nesta época que surgiu a figura dos empresários. Os jogadores ganharam a independência dos clubes, mas passaram a ter como dono os empresários que muitas vezes mais prejudicam do que ajudam os atletas. A ganância por resultados financeiros rápidos tem minado a carreira de jovens promessas da base.
  Poucos clubes se prepararam na base para as investidas desses profissionais que estão cooptando jogadores com idade cada vez menor, deixando os clubes na saudade muitas vezes. O Santos parece ser o clube que mais se preocupa com esse assédio e os resultados estão aparecendo sempre com jovens valores sendo lançados na equipe principal.
Apesar dos clubes brasileiros estarem devendo muito dinheiro, os empresários estão cada vez mais ricos explorando a falta de organização dos clubes e contando com os dirigentes que muitas vezes facilitam os negócios.
  Esses empresários são ligados a um Fundo de Investimento e passam a serem donos dos jogadores. Esses Fundos emprestam jogadores aos clubes muitas vezes apenas para ganhar vitrine e projeção e lucrarem com uma possível venda.
Na realidade usam o Clube, mas tem Clube que se não fosse esses Fundos não teriam jogadores de ponta em seus elencos. Mas isto é prejudicial e torna-se uma ilusão, pois quando os Fundos resolvem tirar o investimento não deixam legado nenhum aos clubes, e ainda levam os jogadores da base. 
  Mas tudo isso pode mudar, pois a FIFA anunciou semana passada a decisão de banir do futebol a participação de Fundos de Investimentos na compra de jogadores. Só os clubes poderão ser os donos dos direitos econômicos dos atletas.
A pressão da UEFA em cima da FIFA era muito grande principalmente dos clubes ingleses. Essas mudanças terão um impacto muito grande no futebol sul-americano e principalmente nos clubes brasileiros. Muitos contratos de jogadores brasileiros serão afetados e vai ser muito difícil os clubes terem capacidade para manterem os jogadores.
Um prazo será dado para estas mudanças se realmente se confirmar, uns dois ou três anos. Mas o que preocupa é a situação financeira atual dos nossos clubes que não estão preparados para viverem sem a ajuda dos investidores, até que a situação se normalize novamente, e os clubes voltem a ganhar dinheiro com o departamento de futebol. 
EM TEMPO: E como o clima é de política, sempre ex-jogadores e pessoas ligadas ao futebol tentam a sorte nas urnas. Segue quem se deu bem e quem se deu mal nessas eleições. Foram eleitos: Romário, Andrés Sanchez, Jardel, Danrlei, João Leite e Bebeto. Não conseguiram: Roberto Dinamite, Marques, Gilvan Tavares, Reinaldo, Raul Plassmann, Jorge Kajuru, Marcelinho Carioca, Dinei, Marco Aurélio Cunha, Ademir da Guia, Josimar, Jamelli, entre outros, ficaram pra próxima. 
PRA MEDITAR: “Mulheres são complexas em todas as idades...mas uma coisa é certa...elas nasceram pra serem amadas e respeitadas sempre...!!!”
ABRAÇOS ENIVALDO EIRAS !! 

Há muito tempo atrás a Lei Pelé acabava com o passe dos atletas que pertenciam aos clubes e dava liberdade aos jogadores de futebol. A Lei em si era muito boa, só que foi quase que totalmente modificada com o passar dos anos, prejudicando cada vez mais os clubes de futebol que hoje estão quase todos falidos.Foi nesta época que surgiu a figura dos empresários. Os jogadores ganharam a independência dos clubes, mas passaram a ter como dono os empresários que muitas vezes mais prejudicam do que ajudam os atletas. A ganância por resultados financeiros rápidos tem minado a carreira de jovens promessas da base.  Poucos clubes se prepararam na base para as investidas desses profissionais que estão cooptando jogadores com idade cada vez menor, deixando os clubes na saudade muitas vezes. O Santos parece ser o clube que mais se preocupa com esse assédio e os resultados estão aparecendo sempre com jovens valores sendo lançados na equipe principal.

Apesar dos clubes brasileiros estarem devendo muito dinheiro, os empresários estão cada vez mais ricos explorando a falta de organização dos clubes e contando com os dirigentes que muitas vezes facilitam os negócios.  Esses empresários são ligados a um Fundo de Investimento e passam a serem donos dos jogadores. Esses Fundos emprestam jogadores aos clubes muitas vezes apenas para ganhar vitrine e projeção e lucrarem com uma possível venda.Na realidade usam o Clube, mas tem Clube que se não fosse esses Fundos não teriam jogadores de ponta em seus elencos. Mas isto é prejudicial e torna-se uma ilusão, pois quando os Fundos resolvem tirar o investimento não deixam legado nenhum aos clubes, e ainda levam os jogadores da base.  

Mas tudo isso pode mudar, pois a FIFA anunciou semana passada a decisão de banir do futebol a participação de Fundos de Investimentos na compra de jogadores. Só os clubes poderão ser os donos dos direitos econômicos dos atletas.A pressão da UEFA em cima da FIFA era muito grande principalmente dos clubes ingleses. Essas mudanças terão um impacto muito grande no futebol sul-americano e principalmente nos clubes brasileiros. Muitos contratos de jogadores brasileiros serão afetados e vai ser muito difícil os clubes terem capacidade para manterem os jogadores.Um prazo será dado para estas mudanças se realmente se confirmar, uns dois ou três anos. Mas o que preocupa é a situação financeira atual dos nossos clubes que não estão preparados para viverem sem a ajuda dos investidores, até que a situação se normalize novamente, e os clubes voltem a ganhar dinheiro com o departamento de futebol. 

EM TEMPO: E como o clima é de política, sempre ex-jogadores e pessoas ligadas ao futebol tentam a sorte nas urnas. Segue quem se deu bem e quem se deu mal nessas eleições. Foram eleitos: Romário, Andrés Sanchez, Jardel, Danrlei, João Leite e Bebeto. Não conseguiram: Roberto Dinamite, Marques, Gilvan Tavares, Reinaldo, Raul Plassmann, Jorge Kajuru, Marcelinho Carioca, Dinei, Marco Aurélio Cunha, Ademir da Guia, Josimar, Jamelli, entre outros, ficaram pra próxima. 

PRA MEDITAR: “Mulheres são complexas em todas as idades...mas uma coisa é certa...elas nasceram pra serem amadas e respeitadas sempre...!!!”

ABRAÇOS ENIVALDO EIRAS !! 




Nova Enfoque
© 2017 - Todos os direitos reservados | Nova Enfoque
VISION