MINAS EM FOQUE!!!

Por Enivaldo Eiras

 

Nunca na história deste país o futebol mineiro teve tão por cima dos outros estados. O eixo Rio-SP ficou bem pra trás no Brasileirão e também na Copa do Brasil. O Cruzeiro acaba de se sagrar Bi- campeão Brasileiro, e o Atlético além de ter sido o ultimo campeão brasileiro da Libertadores, ainda conseguiu ser o campeão da Copa do Brasil justamente em cima do Cruzeiro em uma final de arrepiar.
Estes dois clubes grandes chegaram a dominar o cenário brasileiro, mas por pouco tempo, e quando um estava bem o outro se arrastava. Agora pela primeira vez estão quase no mesmo patamar, ainda acho que o Cruzeiro esta um pouco a frente quanto à organização e também quanto ao elenco. Mas nas duas finais da Copa do Brasil o Galo reinou soberano.
Mas nem tudo são flores, se dentro de campo a coisa esta indo muito bem, fora de campo os problemas são inúmeros, pois os dois clubes perderam a chance de mostrar ao Brasil que merecem mais atenção principalmente por parte da Rede Globo. Os dois clubes mineiros recebem cotas bem abaixo dos outros porque não dão audiência no mercado que mais interessa que é São Paulo.
Digo que perderam a oportunidade porque os dois jogos finais poderiam ser no Mineirão com torcida dividida e teríamos 120 mil pagantes nos dois jogos. Mas os presidentes se deixaram levar pela rivalidade, e com atitudes infantis e amadoras, conseguiram que sobrassem 20 mil ingressos no ultimo jogo. Assim fica difícil brigar pra receber mais da TV, pois conseguem se “apequenar” entre eles.
Mas o futebol brasileiro precisa ser discutido, sabemos disso. Mas como discutir um futebol em que as verbas de TV causam um desequilíbrio tão grande? Será que a Globo levará em conta o bom futebol dos mineiros na hora de entregar os milhões? Claro que não, pra eles que pagam interessa apenas os números do Ibope, e enquanto a Raposa e o Galo brigavam em campo, pra São Paulo estava na telinha o Tricolor paulista se arrastando até perder nos pênaltis para o fraco Atlético Nacional da Colômbia, pela Copa Sul Americana. 
Porque não basta observar quem tem a maior torcida, é preciso avaliar a qualidade do trabalho, afinal o que eleva a audiência da TV é a qualidade do espetáculo, mas isto é coisa que a Globo parece não se preocupar no momento, o negócio hoje não são os números do jogo, mas sim os números da medição de audiência.
O impressionante é que não se levanta nenhuma voz de oposição forte entre os clubes para liderar uma distribuição mais justa, porque na realidade todos os clubes, sem exceção, estão quebrados e nas mãos dos desmandos da CBF e da Rede Globo. Parece que até o polemico Eurico Miranda, que fizeram voltar lá no Vasco, está de mãos dadas com os dois velhinhos que comandam os destinos do nosso futebol.
Aí fica difícil né, mas como mineiros vamos nos deliciando do momento favorável antes que acabe, pois até na decisão do futuro presidente do Brasil estavam na disputa um mineiro e uma mineira. E por enquanto é só felicidade nas montanhas das Minas Gerais, e espero que continue por muito tempo.
PRA MEDITAR: “ Podemos ter tudo na vida... mas se não estivermos vivendo no centro da vontade de Deus... estaremos perdendo em todos os sentidos nossa vida..!!” 
ABRAÇOS ENIVALDO EIRAS

Nunca na história deste país o futebol mineiro teve tão por cima dos outros estados. O eixo Rio-SP ficou bem pra trás no Brasileirão e também na Copa do Brasil. O Cruzeiro acaba de se sagrar Bi- campeão Brasileiro, e o Atlético além de ter sido o ultimo campeão brasileiro da Libertadores, ainda conseguiu ser o campeão da Copa do Brasil justamente em cima do Cruzeiro em uma final de arrepiar.Estes dois clubes grandes chegaram a dominar o cenário brasileiro, mas por pouco tempo, e quando um estava bem o outro se arrastava. Agora pela primeira vez estão quase no mesmo patamar, ainda acho que o Cruzeiro esta um pouco a frente quanto à organização e também quanto ao elenco. Mas nas duas finais da Copa do Brasil o Galo reinou soberano.Mas nem tudo são flores, se dentro de campo a coisa esta indo muito bem, fora de campo os problemas são inúmeros, pois os dois clubes perderam a chance de mostrar ao Brasil que merecem mais atenção principalmente por parte da Rede Globo. Os dois clubes mineiros recebem cotas bem abaixo dos outros porque não dão audiência no mercado que mais interessa que é São Paulo.Digo que perderam a oportunidade porque os dois jogos finais poderiam ser no Mineirão com torcida dividida e teríamos 120 mil pagantes nos dois jogos. Mas os presidentes se deixaram levar pela rivalidade, e com atitudes infantis e amadoras, conseguiram que sobrassem 20 mil ingressos no ultimo jogo. Assim fica difícil brigar pra receber mais da TV, pois conseguem se “apequenar” entre eles.Mas o futebol brasileiro precisa ser discutido, sabemos disso. Mas como discutir um futebol em que as verbas de TV causam um desequilíbrio tão grande? Será que a Globo levará em conta o bom futebol dos mineiros na hora de entregar os milhões? Claro que não, pra eles que pagam interessa apenas os números do Ibope, e enquanto a Raposa e o Galo brigavam em campo, pra São Paulo estava na telinha o Tricolor paulista se arrastando até perder nos pênaltis para o fraco Atlético Nacional da Colômbia, pela Copa Sul Americana. Porque não basta observar quem tem a maior torcida, é preciso avaliar a qualidade do trabalho, afinal o que eleva a audiência da TV é a qualidade do espetáculo, mas isto é coisa que a Globo parece não se preocupar no momento, o negócio hoje não são os números do jogo, mas sim os números da medição de audiência.O impressionante é que não se levanta nenhuma voz de oposição forte entre os clubes para liderar uma distribuição mais justa, porque na realidade todos os clubes, sem exceção, estão quebrados e nas mãos dos desmandos da CBF e da Rede Globo. Parece que até o polemico Eurico Miranda, que fizeram voltar lá no Vasco, está de mãos dadas com os dois velhinhos que comandam os destinos do nosso futebol.Aí fica difícil né, mas como mineiros vamos nos deliciando do momento favorável antes que acabe, pois até na decisão do futuro presidente do Brasil estavam na disputa um mineiro e uma mineira. E por enquanto é só felicidade nas montanhas das Minas Gerais, e espero que continue por muito tempo.PRA MEDITAR: “ Podemos ter tudo na vida... mas se não estivermos vivendo no centro da vontade de Deus... estaremos perdendo em todos os sentidos nossa vida..!!” ABRAÇOS ENIVALDO EIRAS




Nova Enfoque
© 2017 - Todos os direitos reservados | Nova Enfoque
VISION