Travagem

Doença ou Mito?

 

A grande maioria dos casos denominados de “Travagem” ou “Palatite” e, em alguma regiões do Brasil chamados também de “Favas” ou “Lampas”, não passa de MITO.
Travagem é um termo muito utilizado por pessoas que lidam com cavalos e na verdade refere-se a Palatite – que é uma inflamação do palato duro nos eqüinos. Tais pessoas relacionam a Travagem aos sintomas como o emagrecimento, a dificuldade e apreensão de engorda nos cavalos e isso não é bem assim. Normalmente estes sintomas estão ligados a problemas dentários ou a outras doenças sistêmicas.
Pessoas leigas denominam “Travagem” quando observam no cavalo o aumento do palato, muitas vezes ultrapassando a altura dos incisivo superiores. 
Para que seja caracterizado uma inflamação do Palato é necessário verificar 04 sinas cardeais:
Calor: Perceptível nas superfícies. Decorre da hiperemia e do aumento do metabolismo local; 
Rubor: Hiperemia /Reflexo axônico (diminuição de impulsos vasoconstrictores); 
Tumor: Decorre do aumento da permeabilidade vascular (edema). Pode determinar aumento do volume hídrico local em até 5 ou 7 vezes. 
Dor: Causada pela irritação 
Se o Palato não apresentar esses sinais não se trata de uma inflamação. Se não é uma inflamação não é Palatite e não sendo Palatite, respectivamente, não se trata de Travagem.
A grande confusão acontece quando um leigo observa o Palato ultrapassando a altura dos incisivos no cavalo e acredita que o animal esta doente. Esse aumento de tamanho é, na maioria das vezes, somente um edema e pode ser encontrado em muitos cavalos, especialmente em algumas fases da vida quando ocorre atraso nas trocas dos dentes de decíduos (de leite ) pelos dentes permanentes, alem de muitos outros problemas relacionados a cavidade oral do eqüino, sendo o edema no Palato na maioria das vezes ser apenas um reflexo de um problema em outro lugar .
É comum até os dias de hoje leigos confundido edema que muitas vezes não causa problema algum com Travagem ou palatite e instituindo um tratamento cruel que consiste em queimar ou cortar esse aumento de volume do palato (isso nunca deve ser feito mesmo que seja palatite propriamente dita).
Quando for observado alguma alteração no palato ou suspeitar de algum problema relacionado ao emagrecimento, dificuldade de apreensão e de engorda nos cavalos, deve-se consultar um Medico Veterinário que tenha amplo conhecimento das estruturas relacionadas a cavidade oral e tenha os equipamentos necessários para um exame adequado.
Somente com um exame detalhado será possível diagnosticar as causas do aumento do palato e atribuir um tratamento de forma ética e correta.

A grande maioria dos casos denominados de “Travagem” ou “Palatite” e, em alguma regiões do Brasil chamados também de “Favas” ou “Lampas”, não passa de MITO.Travagem é um termo muito utilizado por pessoas que lidam com cavalos e na verdade refere-se a Palatite – que é uma inflamação do palato duro nos eqüinos. Tais pessoas relacionam a Travagem aos sintomas como o emagrecimento, a dificuldade e apreensão de engorda nos cavalos e isso não é bem assim. Normalmente estes sintomas estão ligados a problemas dentários ou a outras doenças sistêmicas.Pessoas leigas denominam “Travagem” quando observam no cavalo o aumento do palato, muitas vezes ultrapassando a altura dos incisivo superiores. Para que seja caracterizado uma inflamação do Palato é necessário verificar 04 sinas cardeais:Calor: Perceptível nas superfícies. Decorre da hiperemia e do aumento do metabolismo local; Rubor: Hiperemia /Reflexo axônico (diminuição de impulsos vasoconstrictores); Tumor: Decorre do aumento da permeabilidade vascular (edema). Pode determinar aumento do volume hídrico local em até 5 ou 7 vezes. Dor: Causada pela irritação Se o Palato não apresentar esses sinais não se trata de uma inflamação. Se não é uma inflamação não é Palatite e não sendo Palatite, respectivamente, não se trata de Travagem.A grande confusão acontece quando um leigo observa o Palato ultrapassando a altura dos incisivos no cavalo e acredita que o animal esta doente. Esse aumento de tamanho é, na maioria das vezes, somente um edema e pode ser encontrado em muitos cavalos, especialmente em algumas fases da vida quando ocorre atraso nas trocas dos dentes de decíduos (de leite ) pelos dentes permanentes, alem de muitos outros problemas relacionados a cavidade oral do eqüino, sendo o edema no Palato na maioria das vezes ser apenas um reflexo de um problema em outro lugar .É comum até os dias de hoje leigos confundido edema que muitas vezes não causa problema algum com Travagem ou palatite e instituindo um tratamento cruel que consiste em queimar ou cortar esse aumento de volume do palato (isso nunca deve ser feito mesmo que seja palatite propriamente dita).Quando for observado alguma alteração no palato ou suspeitar de algum problema relacionado ao emagrecimento, dificuldade de apreensão e de engorda nos cavalos, deve-se consultar um Medico Veterinário que tenha amplo conhecimento das estruturas relacionadas a cavidade oral e tenha os equipamentos necessários para um exame adequado.Somente com um exame detalhado será possível diagnosticar as causas do aumento do palato e atribuir um tratamento de forma ética e correta.

 

Fonte: http://www.mundodoscavalos.com.br/




Nova Enfoque
© 2017 - Todos os direitos reservados | Nova Enfoque
VISION