A corrupção no Brasil é uma vergonha!

Somos pacíficos, mas não precisamos ser omissos.

 

Estamos novamente em meio a um turbilhão de escândalos públicos, o que tem sido uma situação constante desde a época em que éramos uma simples colônia. Como diz o adágio popular vivemos na “casa da mãe Joana”.
É revoltante ouvir e ler os jornais que estampam o volume de valores extorquidos que eles dizem ser dos cofres públicos ou empresas estatais, mas que na verdade é dos nossos bolsos, pois que paga essa conta sempre somos nós pobres brasileiros.
A corrupção é uma doença da humanidade e como tal precisa de um remédio que cure e não apenas encubra o mal como vem acontecendo no Brasil onde a apuração dos fatos por mais claro que pareça não pune ninguém e quando alguns chegam a serem condenados cumprem prisão “domiciliar’’ rodeada de todo luxo arrecadada com roubos. È vergonhoso, mas eles mereciam é cadeira elétrica para servir de exemplo, é claro que muitos inocentes pagarão, mas hoje o país de inocentes paga. Falta dinheiro para a saúde, educação, moradia, segurança, pesquisa e outras coisas tão importantes por quê? Alguns poucos roubaram milhões que beneficiaria muitos, recursos são desviados, debaixo de nossos narizes, e não tomamos qualquer atitude, também temos nossa parcela de culpa, por uma simples questão de omissão.
Todo mês a arrecadação tributária bate recorde, o governo encosta os contribuintes na parede e suga a maior parcela dos seus recursos e tudo isso para quê? Para vermos que o nosso dinheiro está sendo desviado, utilizado para manter um gigantesco cabide de empregos, manterem o inchaço da máquina pública ou aplicado em obras fúteis, enfim, uma grande parcela escoando pelo ralo.
Ao longo dos anos fomos vencidos pelo cansaço, nos tornamos um povo apático a tudo isto. Somos pacíficos, mas não precisamos ser omissos. Em outros países por questões muito menores o povo sai às ruas protestando e cobrando os seus direitos. Temos que limpar a administração dos maus políticos e servidores públicos que mancham nossa imagem, afinal carregamos a pecha de sermos uma sociedade corrupta.
Falta-nos esse poder de mobilização e indignação, afinal quem manda neste país é o povo brasileiro, sua vontade é soberana e cabe aos ocupantes dos cargos públicos nos representar e, sobretudo, nos respeitar.
A situação pode, sim, ser mudada. Desde que você e eu nos manifestemos abertamente, pois nossa manifestação, quando multiplicada, gerará a necessária mudança da opinião pública sobre o assunto.
“Não pervertam a justiça nem mostrem parcialidade. Não aceitem suborno, pois o suborno cego até os sábios e prejudica a causa dos justos”. 
Deuteronômio 16:19

Estamos novamente em meio a um turbilhão de escândalos públicos, o que tem sido uma situação constante desde a época em que éramos uma simples colônia. Como diz o adágio popular vivemos na “casa da mãe Joana”.

É revoltante ouvir e ler os jornais que estampam o volume de valores extorquidos que eles dizem ser dos cofres públicos ou empresas estatais, mas que na verdade é dos nossos bolsos, pois que paga essa conta sempre somos nós pobres brasileiros.

A corrupção é uma doença da humanidade e como tal precisa de um remédio que cure e não apenas encubra o mal como vem acontecendo no Brasil onde a apuração dos fatos por mais claro que pareça não pune ninguém e quando alguns chegam a serem condenados cumprem prisão “domiciliar’’ rodeada de todo luxo arrecadada com roubos. É vergonhoso, mas eles mereciam é cadeira elétrica para servir de exemplo, é claro que muitos inocentes pagarão, mas hoje o país de inocentes paga.

Falta dinheiro para a saúde, educação, moradia, segurança, pesquisa e outras coisas tão importantes por quê? Alguns poucos roubaram milhões que beneficiaria muitos, recursos são desviados, debaixo de nossos narizes, e não tomamos qualquer atitude, também temos nossa parcela de culpa, por uma simples questão de omissão.

Todo mês a arrecadação tributária bate recorde, o governo encosta os contribuintes na parede e suga a maior parcela dos seus recursos e tudo isso para quê? Para vermos que o nosso dinheiro está sendo desviado, utilizado para manter um gigantesco cabide de empregos, manterem o inchaço da máquina pública ou aplicado em obras fúteis, enfim, uma grande parcela escoando pelo ralo.

Ao longo dos anos fomos vencidos pelo cansaço, nos tornamos um povo apático a tudo isto. Somos pacíficos, mas não precisamos ser omissos. Em outros países por questões muito menores o povo sai às ruas protestando e cobrando os seus direitos. Temos que limpar a administração dos maus políticos e servidores públicos que mancham nossa imagem, afinal carregamos a pecha de sermos uma sociedade corrupta.

Falta-nos esse poder de mobilização e indignação, afinal quem manda neste país é o povo brasileiro, sua vontade é soberana e cabe aos ocupantes dos cargos públicos nos representar e, sobretudo, nos respeitar.

A situação pode, sim, ser mudada. Desde que você e eu nos manifestemos abertamente, pois nossa manifestação, quando multiplicada, gerará a necessária mudança da opinião pública sobre o assunto.


“Não pervertam a justiça nem mostrem parcialidade. Não aceitem suborno, pois o suborno cego até os sábios e prejudica a causa dos justos”. Deuteronômio 16:19






Nova Enfoque
© 2017 - Todos os direitos reservados | Nova Enfoque
VISION