Cuidados com os olhos no inverno!

Dr. Alexandre Moretti

Cuidados com os olhos no inverno!

Com a chegada dos períodos de frio, aumentam as incidências de algumas patologias, como as conjuntivites, alergias e síndrome do olho seco.
Isso ocorre devido à baixa umidade do ar, além da maior concentração de poluentes, muito comum no inverno.
As CONJUNTIVITES são mais comuns nesta época, pois as pessoas ficam mais aglomeradas em ambientes fechados. Trata-se de uma inflamação da conjuntiva, película transparente que cobre a parte branca dos olhos. Ela pode ser alérgica, viral ou bacteriana, sendo alérgica a mais frequente. Procure sempre lavar as mãos e evitar contato com os olhos para diminuir a chance de adquirir uma infecção.
Hoje em dia, grande parte da população fica exposta muito tempo aos equipamentos como computador, celular e tablets. Sabe-se que, quando estamos utilizando esses aparelhos, piscamos 2 a 3 vezes menos do que o normal, causando um ressecamento ainda maior. Com essa diminuição da lubrificação, aumenta o atrito entre a pálpebra e a córnea, podendo ocasionar micro úlceras, denominadas ceratites, as quais causam ardor, vermelhidão e favorecem as infecções.
Portanto, nesta época de clima árido, é importante a utilização de colírios lubrificantes para diminuir as chances dessas patologias. 
Fique alerta aos colírios que utiliza, pois alguns anti inflamatórios podem prejudicar os olhos, deixando sequelas irreversíveis a visão.
Algumas importantes dicas:
Evite o acúmulo de poeira em casa e ambientes climatizados. 
Durma em local arejado e umedecido; 
Lave com frequência o rosto e as mãos, principalmente antes e depois do uso de colírios ou pomadas, uma vez que estes são meios importantes para a transmissão de microorganismos;
Não compartilhe toalhas de rosto, esponjas, rímel, delineadores ou qualquer outro produto de beleza;
Evite objetos que acumulem poeira, como: cortina, carpete, tapete, bicho de pelúcia, documentos antigos, livros, etc;
Evite a exposição a agentes irritantes como fumaça e/ou alérgenos, pólen, poeira, pelos de animais e cloro de piscina;
Mantenha o filtro do ar-condicionado sempre limpo;
Quando estiver com conjuntivite, não utilize lentes de contato e não coce os olhos para evitar irritações.
Caso apareçam alguns sintomas, procure sempre a orientação do seu médico oftalmologista






Nova Enfoque
© 2018 - Todos os direitos reservados | Nova Enfoque
VISION